Buscar
  • Dra Marta Badolato

O que é a tireóide

Atualizado: Jan 22



A tireóide é uma glândula localizada na parte da frente do pescoço de aproximadamente 15g e em formato de asa de borboleta responsável pelo controle do metabolismo. Seu principal hormônio é o T3 ( triiodotirosina) responsável por agir nas células do corpo todo estimulando sua função específica ( aumenta a frequência cardíaca no coração, aumenta os movimentos peristálticos no intestino, aumenta o crescimento de unhas e cabelos, aumenta o gasto calórico geral, entre outros) e em sua falta, como no hipotireoidismo leva à uma redução de todas as funções do corpo, como bradicardia, fraqueza, sonolência, constipação, unhas e cabelos fracos e em alguns casos ganho de peso.

Quando esse hormônio está em excesso ele é responsável pelo hipertireoidismo em que a pessoa sente palpitações, suor excessivo, algumas vezes até diarréia e emagrecimento. No entanto quando falta hormônio no organismo a sensação é de lentificação, sonolência, cansaço, fraqueza, intestino preso, unhas quebradiças e cabelos fracos, além de inchaço e ganho de peso.

Na glândula tireóide é produzido o T4 (tetraiodotirosina) que é lançado na corrente sanguínea e quando chega nas células em que vai agir é transformado em T3. Por isso para avaliarmos a quantidade de hormônio disponível no corpo avaliamos o T4. Além disso o T4 pode estar preso a proteínas no sangue que impedem a sua ação, portanto a melhor forma de dosar a quantidade de hormônio disponível no corpo dosamos o T4 livre.

No entanto a tireóide não se comanda sozinha, ela tem um chefe, a glândula hipófise, que fica no centro do cérebro e é a comandante de todas as nossas glândulas endócrinas. No caso da tireóide a hipófise produz e lança no sangue o hormônio estimulante da tireóide (TSH) que é o responsável por estimular a tireóide a produzir o T4 que será liberado no sangue. Então apesar da grande maioria das vezes a glândula tireóide seja responsável pelas alterações do hormônio tireoidiano, isso também pode ser causado por doenças da hipófise

.

Enfim, para sabermos exatamente se há algum problema conosco é importante procurarmos um médico capacitado, no caso da tireóide é o endocrinologista, que irá avaliar e orientar corretamente sobre a situação de cada um. Procure seu endocrinologista!


#hipotireoidismo #hipertireoidismo

0 visualização

Dra Marta Badolato Endocrinologista (adulto e infantil) - CRM: 147315 

RQE nº 68739 ENDOCRINOLOGIA E METABOLOGIA  RQE nº38016 CLÍNICA MÉDICA

Clínica Badolato - Av. Dr. Chucri Zaidan, 1550 - sala 1614

Chácara Santo Antonio, São Paulo - SP - CEP 04583-110

  • Yelp ícone social
  • YouTube
  • Facebook Basic Square